sábado, 17 de maio de 2008

____________________Suspiros

Suspiro por ti...
Estás tão longe, tão distante.
Este frio que é cada vez maior, aumenta com o facto de não te ter, e de saber que nunca te terei. Vejo-te por um segundo, como um flash que tudo ilumina durante momentos demasiado pequenos, mas que no meu coração permanecem tempo indefinido. Sonho com o impossível, devaneios idealizádos surgem no meu coração... mas é impossível; É impossivel alcançar-te, é impossível conseguir-te... É impossível ter-te! Sinto-te em tudo o que ouço, em tudo o que vejo, em tudo o que quero... pois eu não quero mais nada, não quero mais ninguem, quero-te exclusivamente a ti. Pior que ser uma Ilusão, é transformar-se em Desilusão... Gostava de ter forças para lutar pelo que quero, por ti... mas para quê? Para quê iludir-me se sei que não passa de uma fantasia? Mas dói... dói por dentro o facto de não puder fazer nada, dói ver-te passar e saber que nem sabes que existo, dói olhar para ti e tu não me veres, pensar em ti dói-me o coração. Mas tambem dói não saber o que é isto que sinto, não conseguir definir, não conseguir explicar... é estranho. Continuo a suspirar de angustia, de solidão, de tristeza... da tua ausência, de não te ter! Quero-te agora, aqui comigo!
Quero livrar-me disto, quero fugir de tudo, quero entrar na realidade de um dos meus pesadelos... correr, fugir sem parar e não encontrar o caminho de volta... assim não teria de enfrentar tudo novamente, não teria de enfrentar o impossível, a realidade... não quero continuar assim, não quero nem posso, pois ao faze-lo continuo a despedaçar o meu próprio coração. Mas então? O que faço?
Não consigo esquecer, mas tambem não consigo deixar de pensar, pensar em ti... Quero esquecer momentos, quero esqecer pessoas, esquecer quem sou, esquecer tudo, esquecer todos... Eu quero deixar esta estupida rotina que me persegue. Para quê tudo isto? Todos os dias passamos pela mesma coisa, dia após dia, desgastando-me, sofrendo... cada dia estou mais fraca, com menos vontade de viver e de dizer Sim ao quer que seja... estou farta e não posso fazer nada para mudar.

1 comentário:

Mel disse...

Poderoso. Tantas emoções num só coração.

:(